Escolha uma Página

Você já parou para pensar quais são as provações pelas quais você está passando, ou evitando passar, ao recusar os chamados que a vida faz?

Aqui é onde começa a verdadeira ação. É quando sentimos um frio na barriga e a sensação de que tudo pode acabar a qualquer momento.

O contraste entre o que ficou para trás (o mundo comum) e o desconhecido é intensificado.

É hora de enfrentar os maiores desafios e utilizar todos os recursos recebidos do mentor e os que foram recolhidos no caminho.

Enfrentamos o rival, o vilão, os monstros e também fazemos aliados, é o momento de viver na pele os processos necessários, enquanto o medo do fim é constante.

“E assim é que se alguém — em qualquer sociedade — assumir por si mesmo a tarefa de fazer a perigosa jornada na escuridão, por meio da descida, intencional ou involuntária, aos tortuosos caminhos do seu próprio labirinto espiritual, logo se verá numa paisagem de figuras simbólicas (podendo qualquer delas devorá-lo) […] “trata-se do processo de dissolução, transcendência ou transmutação das imagens infantis do nosso passado pessoal”

Trecho do Livro O Herói de Mil Faces, de Joseph Campbell, editora Cultrix.